Skip to content
Please check an answer for every question.
Cookie settings

Total may deposit the following categories of cookies: Cookies for statistics, targeted advertising and social networks. You have the possibility to disable these cookies, these settings will only be valid on the browser you are currently using.

Enabling this cookie category allows you to establish statistics of traffic on the site. Disabling them prevents us from monitoring and improving the quality of our services.
Our website may contain sharing buttons to social networks that allow you to share our content on these social networks. When you use these sharing buttons, a link is made to the servers of these social networks and a third-party cookie is installed after obtaining your consent.
Enabling this cookie category would allow our partners to display more relevant ads based on your browsing and customer profile. This choice has no impact on the volume of advertising.

A Vila de Quitunda é a nova comunidade construída para famílias afectadas pelo deslocamento físico. Além das casas de reposição fornecidas às famílias deslocadas fisicamente como parte do seu pacote de remuneração, a vila inclui infraestrutura de serviços públicos. No seu conjunto,  inclui um edifício do governo para o posto administrativo, um centro comunitário, locais de culto (incluindo mesquitas e uma igreja), um mercado comunitário, uma escola primária, um Centro da  Saúde Tipo II, um posto policial, terminal de autocarro, um sistema de água e fonte de energia.

CARACTERÍSTICASDa concepção DA vila

O projecto e a concepção da vila de Quitunda foram estabelecidos após extensas consultas de envolvimento das partes interessadas, consideração de factores contextuais locais, modelos de desenvolvimento urbano existentes, princípios de planeamento urbano e urbanismo e directrizes de desenvolvimento sustentável. O nosso objectivo é garantir que o projecto e a concepção da Vila de Quitunda seja:

  • Eficiente - Para incentivar o uso ideal de recursos e próximo a oportunidades novas ou existentes;
  • Permanente - Para garantir que as pessoas se sintam confortáveis e seguras na sua nova comunidade e não voltem para as áreas de onde vieram;
  • Sustentável - Para garantir que as pessoas e a comunidade sejam económica, social e ambientalmente coesas.

O Projecto da Vila de Quitunda inclui::

  • Uma área central para instalações públicas, incluindo uma escola primária, um centro  de saúde tipo II, instalações administrativas do governo, uma esquadra de polícia, um mercado e um centro comunitário;
  • Áreas de lazer e recreação;
  • Uma estrada de acesso que liga a vila à rodovia R247;
  • Acessos internos para pedestres e veículos por caminhos e estradas;
  • Uma área dedicada à expansão da vila;
  •  Caminhos para drenagem da água.

De acordo com a abordagem de reassentamento em várias fases, a construção da vila de Quitunda também será multifásica. O programa de construção da vila compreende três fases principais:. A Fase 1 inclui disponibilizar 161 casas, a Fase 2 inclui 320 casas e a Fase 3 completará outras 75 casas. Também serão construídas moradias adicionais para fazer face ao crescimento natural da população.

Três fases de desenvolvimento

 

Three phases of development

Até ao momento, o operador do projecto concluiu a construção de toda a infraestrutura pública, serviços públicos e de habitação para acomodar as primeiras 186 famílias, fisicamente deslocadas. Habitação para 474 famílias adicionais está em construção.

Entrega da vila

A entrega da vila de Quitunda pelos parceiros do projecto ao governo do distrito foi cuidadosamente planeada. Durante o período de entrega de 24 meses, a TEPMA1 trabalhará com o governo distrital para garantir o funcionamento, cuidados e manutenção contínuos da vila.

CARACTERÍSTICAS do projecto De CASAS DE SUBSTITUIÇÃO

Uma habitação adequada é considerada um direito humano básico. Isso significa que a habitação deve, no mínimo, satisfazer os seguintes critérios: ter segurança legal da posse (DUAT), disponibilidade de serviços, materiais, instalações e infraestrutura, ser acessível, ser habitável, fornecer acessibilidade, estar localizada em local com segurança e ser culturalmente adequada.

Durante a fase de concepção, a TEPMA1 realizou uma série de estudos e sessões de consulta com os membros  das comunidades afectadas e outras partes interessadas e foi construída uma casa modelo para os membros  das comunidades afectadas visualizarem e sugerirem alterações no projecto final das casas.

As novas casas na Vila de Quitunda são construídas com materiais convencionais e incluem as seguintes características:

  • Área construída de 70m2;
  • Três quartos;
  • Uma sala de estar;
  • Uma cozinha interior;
  • Um espaço para ser usado como casa de banho interior no futuro;
  • Uma cozinha externa;
  • Uma casa de banho externa;
  • Torneiras externas com água corrente;
  • Ligação à electricidade da rede nacional;
  • Tanques de polietileno para colecção da água da chuva.

Para garantir a segurança da posse, o Governo Moçambicano emitiu títulos de terra (conhecidos como DUAT em Moçambique), para os novos lotes residenciais das famílias fisicamente reassentadas.

MAIS SOBRE RESETTLEMENT