Skip to content

Transferência para Quitunda

O processo de transferência de famílias fisicamente deslocadas das vilas e aldeias para Quitunda, a vila de reassentamento, compreende três fases distintas: preparação antes da mudança; transferência física de pessoas e artigos pessoais (ou seja, o dia da mudança real); e acompanhamento pós-transferência.

Após a conclusão da Fase 1 de Transferência Física em Dezembro de 2019, a transferência da Fase 2 das famílias de Quitupo e a transferência da Fase 3 das famílias de Barabarane começou em Agosto de 2020. Após um período de preparação social envolvendo uma orientação para as novas casas e nova vila, e após verificação de que as famílias gozam de boa saúde, iniciou-se o precesso de transferência das famílias, do seu gado e dos seus pertences para as suas novas casas em Quitunda.

Existem muitos momentos significativos durante o processo de transferência física. O processo é filmado, com o consentimento de cada família, como forma de documentar o processo e os sentimentos vividos no dia, e como reconhecimento do significado do acontecimento para cada família.

Veja as diferentes etapas do dia da transferência através dos olhos das famílias que já se mudaram para Quitunda. As fotos ilustram o processo desde a preparação até a chegada e acomodação nas suas novas casas.

 

Empacotamento de pertences domésticos e preparação do gado para a mudança

 

Despedida e preparação para a viagem a Quitunda

 

Tomada de medidas de prevenção contra COVID-19 antes de embarcar na viagem de autocarro para as suas novas casas em Quitunda

 

Chegada na nova casa, descarregamento de bens e recepção de documentos da transferência da casa para o chefe do agregado familiar.

Recepção de um “pacote de boas-vindas” e uma cesta básica nas casas. O “pacote de boas-vindas” inclui vários artigos domésticos e alimentos para 3 meses.

 

Conhecer e familiarizar-se com a nova casa e a nova condição de vida. Fazendo novos amigos e encontrando os antigos