Skip to content

Jovens engenheiros beneficiam-se de formação no exterior

A TechnipFMC, uma empresa contratada do Projecto Mozambique LNG no âmbito de trabalho submarino do projecto, enviou 12 jovens engenheiros moçambicanos para o Brasil e Angola como parte de um programa de formação de 1 ano. Os jovens licenciados serão formados para tornarem-se Pessoal de Serviço Técnico (TSP). O curso visa formar estes engenheiros para obterem competências técnicas que reforcem a capacidade dos moçambicanos para cumprir com os elevados requisitos técnicos da indústria de Petróleo e Gás. 

A formação incluirá a aquisição de conhecimento de instalação de árvores submarinas, de colectores submarinos, de módulos de controlo e de aquisição de habilidades por meio de exposição ao ambiente submarino.

Os beneficiarios pousando para a prosperidade

Os beneficiarios pousando para a prosperidade

Na primeira pessoa, Margarido Quive, um dos beneficiarios que se encontra na formação no Brasil afirma:

“O actual treinamento prático é a melhor parte desta formação. Isto vai ajudar-nos a construir capacidades para contribuir para o crescimento da indústria de petróleo e gás no nosso País.’’

Reinalda Lucas, outra beneficiária também no Brasil afirma:

“Este treinamento será útil para ajudar no desenvolvimento de Moçambique e como uma das primeira beneficiarias poderei compartilhar os conhecimentos adquiridos durante o treinamento com os formandos que farão parte do programa de treinamento do TSP no futuro. Além disso, este curso vai permitir que eu cresça profissionalmente.”

Matériais de Conteúdo local

Matéria sobre o Trabalho do Projecto em Moçambique

O primeiro grupo na chegada ao Brasil

O primeiro grupo na chegada ao Brasil

Esta transferência de tecnologia faz parte dos compromissos da TechnipFMC na elevação de competências de moçambicanos no projecto Mozambique LNG.

A empresa emprega actualmente moçambicanos em diversas áreas, incluindo Recursos Humanos, Saúde e Ambiente, Finanças/Controlo de Custos, Jurídica, Procurement e Engenharia.

 

 

A TechnipFMC foi adjudicada contratos submarinos do Projecto Mozambique LNG, liderado pela Total, para o desenvolvimento do campo Golfinho/Atum offshore em Moçambique.

A TechnipFMC executará a instalação offshore com o seu parceiro de consórcio, a Van Oord, por meio de sua subsidiária incorporada nos Emirados Árabes Unidos, a Van Oord Gulf FZE, e em cooperação com a principal empresa subcontratada estratégica, a Allseas.